Arquivo para mictório

Mais Uma Sobre Pesquisas

Posted in Viagens with tags , , , on 26/04/2012 by Kilminster

 Já escrevi antes falando sobre os termos utilizados em sites de busca que fazem com que as pessoas cheguem a este pequeno blog. “Wyrd bið ful aræd continua o campeão disparado, mas presencio a ascensão de um novo termo entre os mais buscados: Mictório.

Tempos atrás fiz este pequeno texto sobre este curioso exemplar de louça sanitária, mas jamais pude pensar que tanta gente saia atrás de  mictórios na internet.

Dado que para os meninos mictórios são triviais, quem poderia ter algum tipo de curiosidade acerca deste instigante artefato seriam as meninas. Ao mesmo tempo, não imagino que as mocinhas percam seus momentos atrás de informações sobre um artigo de aplicações tão escatológicas.

Sendo assim, me resta pensar no que faz as pessoas buscarem por este termo. Posso apenas imaginar que estes destemidos buscadores são interessados em adquirirem a peça para instalarem no banheiro de seus estabelecimentos.

Até porque, este blog não aparece na primeira página, quando se procura por “mictório” no Google. Aliás, nem na segunda, nem na terceira! Pra falar a verdade, fui até à página 30 da pesquisa e não encontrei o link para este blog. 

Isso quer dizer que os interessados vão realmente fundo nessa de mictório!

Curioso notar que nesta epopéia encontrei diversos artigos interessantes acerca do tema. Desde mictório em forma de guitarra e que toca música, até mictórios que farão exames de urina nos mijões e mais incrível ainda, mictórios que possibilitam um xixi artístico!

Impressionante como assuntos aparentemente desinteressantes podem render longos e profundos debates.

http://www.youtube.com/watch?v=8cHDibIB5KU

Mictório

Posted in Viagens with tags , on 24/02/2011 by Kilminster

Sempre considerei que a grande vantagem de ter nascido do sexo masculino, é a incomparável e insubstituível faculdade de se fazer xixi em pé. Graças a esta sensacional possibilidade, nada é problema para nós, varões.

Podemos encarar com tranqüilidade os banheiros mais deploráveis deste mundo. Seja aquele boteco boca de porco da sua rua, o posto de gasolina da estradinha vicinal que liga Cabrobó da Serra a Itabiapoca do Sul, ou até mesmo em casos emergenciais extremos, uma árvore, aquele muro em uma ruazinha escura e outros menos recomendáveis.

Porém, esta vantagem trouxe alguns desconfortos, afinal de contas estava bom demais para ser verdade.

Visando facilitar a execução de tal atividade, foi criado o mictório, que nada mais é do que uma espécie de vaso sanitário que fica na parede, muito mais adequado à anatomia de quem faz xixi em pé do que o vaso tradicional.

Porém há sempre um porém. Os mictórios são utilizados essencialmente em banheiros públicos e é justamente no conceito de público que reside o problema.

Nos shoppings e em alguns restaurantes, beleza, há mictórios individuais com aquelas divisórias de granito, e em alguns casos, até uma pequena plataforma para o usuário apoiar objetos e ter as mãos livres para melhor desempenhar.

Já em estabelecimentos menos requintados, a coisa vai decaíndo. Nos bares da noite paulistana, geralmente temos dois ou mais mictórios alinhados sem qualquer divisória, ou até um único mictório, mais parecido com um cocho, com um metro ou mais de comprimento, sem delimitar exatamente quantas pessoas podem utilizá-lo ao mesmo tempo!!!

Imagine que alegria, dois, três, quatro ou mais cidadãos querendo despejar ao mesmo tempo a cerveja acumulada? Todos alinhados ombro a ombro? Eeeeeeeca!

E nos estádios de futebol então? Onde todos usam os parcos 15 minutos de intervalo para isso? Uma maravilha!!!

Mas ainda assim é melhor do que se tivéssemos que sentar.

Se fosse limpinho assim tava bom!