Arquivo para cinema

Melhor Não…

Posted in Momento Sr. Saraiva, Olhares with tags , , on 11/03/2011 by Kilminster

Impressionante como certos atores e atrizes conseguem se meter em filmes meia boca. Daqueles que você já sabe como vai terminar só de olhar pra cara do sujeito. Ou é muito babaca, ou água com açúcar, ou então, absolutamente sem sal.

Terrível, mas alguns desses artistas me criaram um bloqueio mental. Não consigo assisti-los.

Na minha modesta opinião,salvo raras exceções, é melhor não ver filmes com…

Owen Wilson

Julia Roberts

Ben Stiller

Cameron Diaz

Jim Carrey

Steve Carell

Will Ferrel

Meg Ryan

Jason Biggs

Seann William Scott

Ben Afflek

Hugh Grant

Adam Sandler

Vai por mim, sem eles você poupa muito do seu tempo e paciência!

Filme Ruim, Filme Bom.

Posted in Olhares with tags on 12/11/2010 by Kilminster

Cinema, assim como tudo na vida, é uma questão de gosto. Impossível encontrar um consenso quando tratamos da sétima arte. Além da clássica desavença entre casais na hora de escolher enter comédia romântica e filme de ação, há a não menos clássica divisão entre público e crítica.

A crítica cinematográfica tende a se diferenciar como elite e deita elogios infindáveis àqueles filmes chatíssimos, herméticos, em que nada acontece só porque o diretor usou uma lente tal que captou a luz do modo y e a atriz principal conseguiu permanecer com cara de “madalena arrependida’ por três horas. Do outro lado, desce a lenha sem dó nos filmes ágeis de edição rápida, com personagens dinâmicos feitos para puro entretenimento.

Na verdade, filme bom é aquele que a gente gosta. Não importa o que diz a crítica, o que a Academia premia ou quem levou a Palma de Ouro. E tem mais, há filmes que são bons para determinados momentos.

Imagine você, com seus 14, 15 anos de idade, juntar seus amigos depois da escola, comprar guaraná para batizar com pinga e toneladas de pipoca e inicar uma sessão com “Ammarcord” de Felini. Genial não? Antes do primeiro minuto, mais da metade da galera já estaria fazendo outra coisa. Mas se fosse qualquer “Exterminador do Futuro” todos estariam vibrando.

Agora, assistir “O Grande Dragão Branco” com o glorioso Van Damme, com a namorada pode ser contraproducente, melhor seria “As Pontes de Madison” ou “Cidade dos Anjos”.

E me diga, tirando a cena dos trogloditas, quem é que já conseguiu assistir “2001” de Stanley Kubric? De verdade, você conseguiu aturar os longos minutos de telas coloridas e sem trilha sonora sem dormir?

Então fica a pergunta: O que é um filme bom?

Respondo: Depende, às vezes é Goddard, às vezes qualquer Sessão da Tarde serve.