Arquivo para casamento

Foto & Vìdeo

Posted in Olhares, Viagens with tags , , on 19/02/2012 by Kilminster

É de praxe. Toda vez que alguém vai dar uma festa, seja ela de casamento, aniversário, bodas de sei-lá-o-quê, especialmente quando são contratados serviços para tal, surge o assunto “foto e vídeo.

Natural, uma vez que nesses eventos, celebra-se uma ocasião especial e que muito provavelmente haverá interesse dos envolvidos em registrar aquele momento para posteridade.

E as fotos, neste contexto são geniais. Nada como relembrar grandes momentos capturados em quadros que trazem de volta a sensação que rolou na hora. O vídeo é o que pega.

No Brasil, o ato de se filmar estes eventos se popularizou no final dos anos 1980, início dos 1990. E todos ficavam encantados. Talvez nem tanto com o resultado dos vídeos, mas com a simples possibilidade de filmá-los.

E era um tal de vídeo de casamento, aniversário, batizado… e reuniões com pessoas para assistirem os tais vídeos.

O grande X da questão, é que depois de alguns anos assistindo a estas gravações, chegou-se, ou deveria ter-se chegado à conclusão de que vídeos de festas são muito chatos.

Festas e determinados eventos são legais na hora que acontecem. Depois… passou… E as fotos são mais que suficientes para recordação.

Alguém em sã consciência assiste a um vídeo de batizado e acha legal?  Agüentar a ladainha do padre toda outra vez? Ou um monte de gente em volta de um bolo cantando parabéns? Chato demais!!!

Do encanto dos anos 1980 com os vídeos para hoje, ficaram mesmo é as vídeo-cassetadas.

Ah, mano! Sai fora!

Posted in Momento Sr. Saraiva, Olhares with tags , , on 29/04/2011 by Kilminster

Ow… Na boa…

Que me importa o casamento do William e da Kate sei lá o que? Tá, tá, tá… o cara é filho do Príncipe Charles e da Lady Di e neto da Elizabeth II, mas e daí?

É uma família real que reina sobre coisa nenhuma… Um lance Ilha de Caras total.

Acho que a Família Real Britânica é o equivalente deles aos ex-BBB por aqui. Um tanto mais pomposo, mas com o mesmo efeito prático.

E vá lá que os ingleses gostem de tudo isso, mas o que o resto do mundo tem a ver com a paçoca? São só dois fulaninhos casando. Quantos casamentos não ocorrem todos os dias?

Se fosse para assistir um casamento de desconhecidos, eu preferiria ver um casamento em um filme ou novela. Aí, ao menos, teríamos efeitos especiais, blá blá blá e três meses depois lançamento em DVD e Blue-Ray.

Conto de fadas é melhor na ficção. Pelo menos eles vivem felizes para sempre e não acontecem coisas como o cara dizer que quer ser o O.B. da amante.

Já disse que até entendo o frisson dos britânicos, mas essa notícia ficar pipocando no resto do mundo não dá! Será que não tem nada de mais importante acontecendo?

Bleargh!

Aí sim, felizes para sempre!