Pause

O mundo deveria ter a tecla “Pause”, igual aos aparelhos de DVD.

Na verdade, poderia até ser aquela dos videocassetes antigos, que deixavam a imagem tremendo. Bastava que fosse possível dar uma parada em tudo de vez em quando.

No filme “Click”, Adam Sandler tem um controle remoto que ele usa para avançar, retroceder, trocar a cor e o som de tudopause-button em sua vida. Acho que nem precisava tanto, só a chance de dar uma pausa nas coisas já era o suficiente.

Imagine que beleza, toda vez que acontece alguma coisa complicada, você ter a possibilidade de dar uma paradinha.

Quando algum problema aparece, você dá uma pausa e refresca as idéias, dá uma respirada, acalma os ânimos e depois continua. Se for uma decisão importante, você reflete um pouco mais, pondera outras coisas… E se for apenas um dia cheio, você descansa um pouco mais.

Seria fantástico poder acrescentar momentos preciosos de paz e calmaria em horas problemáticas.

Será que em vez de pesquisas espaciais a NASA não poderia pensar nisso?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: