Involução

A humanidade tem tendência a rejeitar a evolução. Os ciclos históricos alternam momentos de maior liberdade com momentos mais austeros em que um controle maior se abate sobre as sociedades.

Quando se percebe que as coisas estão caminhando para um ponto onde as pessoas terão mais opções, liberdades de escolha e principalmente de pensamento, imediatamente uma corrente de restrições e reprimendas toma força.

Não necessariamente forças estritamente políticas ou autoridades estabelecidas por poderes militares ou paramilitares, mas esta contra-corrente coercitiva pode vir das mais diversas maneiras.

Religiões, seitas, correntes ideológicas, interesses desse ou daquele grupo, manipulação de informações, desde o ensino formal, até à imprensa, restrição do acesso à educação, sucateamento da mesma, sensacionalismo, dogmatismos e desestímulo ao senso crítico são formas de restrição de liberdades.

Muito mais desumana que uma ditadura estabelecida, que dá as caras e mostra quem ela é, é a restrição de liberdades que se dá na raiz do pensamento humano, aquela que faz com que o indivíduo não perceba ou sequer sinta ter sua liberdade limitada.

Aqueles que detêm o poder relutam em abandoná-lo ou compartilhá-lo, então usam todas as formas que podem para evitar serem contestados. Como os tempos atuais já não admitem com facilidade imposição física e brutalidades, então trabalham de modo muito mais profundo e muito mais grave.

Multidões são simplistas, manipuláveis e inflamáveis. Por isso é assim que se faz. Sempre com as massas.

Mas a humanidade tem tendência à involução, portanto este processo sempre ocorre.

E a falta de espelhos ajuda bastante.

Uma resposta to “Involução”

  1. Que medo!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: