Arquivo para 05/12/2011

Eternidades

Posted in Olhares, Viagens on 05/12/2011 by Kilminster

Uma pedra no sapato da humanidade sempre foi a consciência de sua existência limitada. A consciência do próprio fim fez com que os humanos desenvolvessem em suas crenças e religiões, sempre um conceito de que após a morte terrena se atingiria a vida eterna. Seja no Paraíso, após o Juízo Final, seja reencarnando em diferentes planos, atingindo a iluminação no Nirvana ou nos salões de Valhalla.

Aí a obsessão com a eternidade foi transposta para todos os outros aspectos da vida humana. Criaram-se os reinos de direito hereditário, pais ricos preparam seus filhos para seguirem administrando seus impérios, políticos influentes fazem batizar viadutos, estradas e pontes com nomes de seus parentes e os seus próprios. Tudo para ficarem eternizados.

Até nos mais íntimos detalhes da vida encontramos a busca pela eternidade. Espera-se que os amores durem para sempre, que a felicidade seja infinita, que nada chegue ao ocaso.

Chega-se ao absurdo de sacrificar elementos de maior importância em nome do “para sempre”.

Tudo isso para, no final, quando se olhar para trás, perceber que o que houve de melhor foram momentos fugazes. Pequenos lampejos de eternidade que tiveram começo meio e fim e que fizeram valer a vida.

O “para sempre” é agora.