Arquivo para setembro, 2010

I Don’t Like Mondays

Posted in Olhares, Viagens with tags , on 28/09/2010 by Kilminster

Ah, as segundas-feiras… O dia mais longo da semana, cuja única vantagem reside no fato de ser o dia mais longe da outra segunda.

Como se já não bastasse o bode de domingo à noite, as segundas carregam consigo o eterno estigma de serem o primeiro dia da semana em que todos temos que nos confrontar com a dura realidade de proletários.

Aí tá feito o estrago. Temos que acordar cedo, encarar transportes coletivos lotados e trânsito descomunal, chefe mal humorado e aquele colega chato, que deve ter uma vida muito triste para chegar felizão na segunda! Porque só tendo um fim de semana miserável para achar que voltar ao trabalho é divertido. Não que tenhamos que passar a segunda-feira amaldiçoando a sétima geração de tudo, mas também chegar assobiando é um pouco demais.

A coisa começa a melhorar depois do almoço afinal de contas é quando o dia dá os primeiros sinais de chegar ao fim, mas de modo algum o baixo astral diminui.

Mas, eis que chega o final do dia e quando saímos temos aquela sensação de quem mergulhou na água gelada, sentiu o impacto e começou a se acostumar. E começa a alegria do pobre, que é fazer contagem regressiva para a sexta-feira

Foi o Metrô, Chefe…

Posted in Olhares on 25/09/2010 by Kilminster

Eis que a notícia da semana é o metrozão da linha vermelha que deu crepe. Não aquelas chatices diárias de lentidão e superlotação ou pequenas paradas, mas aquele rebosteio geral que faz com que o que é normalmente complicado se torne catastrófico.

Sabe-se lá por que cargas d’água alguém acionou o botão de emergência e o trem abriu as portas entre as estações Pedro II e Sé. A galera saiu toda e começou a caminhar pelo trilho. Imagine que emoção caminhar em um lugar onde qualquer coisinha pode descarregar um quaqulhão de volts em você!!!

No final das contas, o que complica mesmo é explicar para o chefe que você bem que tentou mas não conseguiu ir para o trabalho. Chefes tem a tendência de não acreditarem nessas coisas. Já disse que o metrô deveria fornecer atestado de lentidão!

Como será que foi naquele dia em que ocorreu o episódio lendário do urso? Um urso que fazia parte do circo que estava instalado na Radial Leste, próximo ao metrô Tatuapé escapou, sei lá como, e resolveu dar uma voltinha pelas redondezas. Lógico que ele foi direto para a avenida que, normalmente lentíssima, ficou parada de vez. Os domadores tiveram muito trabalho para levarem o urso de volta. Ok, mas pensa agora no cara chegando no trabalho atrasado e falando: “Sabe o que é, chefe? É que tinha um urso na Radial e o trânsito ficou uma desgraça”.

Vá lá, um urso na Radial é realmente difícil de acreditar, por mais que tenha sido real, mas metrô dando pau é toda hora. Nossos queridos empregadores deveriam abrir os olhos para este fator e pararem de encher tanto as paciências de pobres trabalhadores que já sofrem o suficiente nos meios de transporte!

Anna

Posted in Olhares on 22/09/2010 by Kilminster

Aí Anna foi embora de vez. Voltou para pegar o que tinha deixado e foi embora para não voltar mais.

Já fazia tempo que ela não aparecia, mas havia alguma coisa qualquer que fazia com que ela fosse notada. Um insight, uma movimentação no ar que trazia sempre a lembrança do sorriso fácil e dos pequenos olhos azuis.

Sempre foi muito doce, Anna, mas a seu jeito. Era atrás do temperamento difícil que se escondia toda ternura. Não que fosse mal humorada, pelo contrário, mas tinha seus charmes e melindres.

Mas um dia ela resolveu ir. Mas foi sem levar sua notável presença. Jamais pareceu estar longe, embora não estivesse de fato ali.

No começo ainda dava notícias, deixava pistas de seu paradeiro e pincelava pequenos quadros de suas viagens. Depois seus contatos ficaram esparsos, até que nenhum sinal mais era enviado.

Agora ela resolveu ir embora de vez. Passou rapidamente, pegou suas coisas e foi. Foi de vez, mas como se tivesse ido aos poucos, como se houvesse sido há muito tempo, ou como se nunca mais.

É Só Uma Manchinha.

Posted in Olhares, Viagens on 15/09/2010 by Kilminster

É só uma manchinha cinza na TV, um borrãozinho que se destaca no meio de muitos outros por ter uma pequena luz piscando intermitente, tocando uma batida techno a 158bpm. Não chega a 2cm e os traços mal podem ser divisados.

Mas tem um significado enorme!

Slogans Para Ela e Para Ele

Posted in Olhares, Viagens on 06/09/2010 by Kilminster

Mulheres: Xampu Bright Hair. Brilho, maciez e mais vida para seus cabelos.

Homens: Xampu Bright Hair. Faz espuma.

Mulheres: Biscoitos Croc Light. Suaves e crocantes com menos calorias e 0 de gordura trans.

Homens: Biscoitos Croc Light. Excelentes com cerveja.

Mulheres: Restaurante Le Parisenne. Sofisticação e requinte em ambiente diferenciado para pessoas especiais.

Homens: Restaurante Le Parisenne. Daqui para o motel é um pulinho.

Mulheres: 46ª Feira do Bordado de Itapitanga: Produtos de todas as regiões do país com variedade e bom gosto para você e sua casa.

Homens: 46ª Feira do Bordado de Itapitanga: Chopperia em anexo e telão com futebol.